Projeto conjunto

Iniciado em 2018, o projeto Prevenção e Redução da Gravidez Não Intencional na Adolescência nos Municípios do Oeste do Paraná conta com ações em quatro frentes: saúde, educação, gestão do conhecimento e comunicação. As ações têm foco no desenvolvimento socioeconômico, criando e ampliando oportunidades para que adolescentes e jovens ajudem na construção de serviços acolhedores de saúde e também tenham garantidas condições de ampliar suas habilidades para a vida e competências socioemocionais.

A parceria entre a ITAIPU Binacional e o Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) tem como objetivo trabalhar com os 51 municípios do Oeste do Paraná que assinaram o termo de adesão ao projeto, trazendo uma experiência positiva para a Tríplice Fronteira ao realizar ações para a prevenção e redução da gravidez não intencional na adolescência.

Programa específico para o Oeste do Paraná

Iniciado em 2018, o Projeto vem sendo desenvolvido a partir de análise de dados, serviços e estratégias de comunicação que permitam desenvolver ações voltadas para a educação permanente de profissionais de saúde e educação que trabalham com adolescentes e jovens.

O projeto conta com ações em quatro frentes: saúde, educação, gestão do conhecimento e comunicação. Na perspectiva do desenvolvimento econômico da região, ações nessas quatro frentes irão contribuir para o pleno desenvolvimento e fortalecimento das trajetórias de vida de adolescentes e jovens. As ações também têm foco no desenvolvimento socioeconômico, criando e ampliando oportunidades para que adolescentes e jovens ajudem na construção de serviços acolhedores de saúde e também tenham garantidas condições de ampliar suas habilidades para a vida e competências socioemocionais.

Juntos, ITAIPU Binacional e UNFPA, ao lado da gestão municipal, estão desenvolvendo um programa completo de fortalecimento das capacidades sócio-institucionais. Com os investimentos adequados, milhares de adolescentes e jovens no Oeste do Paraná terão a oportunidade de planejar o futuro, fortalecer habilidades e projetos de vida para uma transição segura e saudável para a vida adulta, contribuindo para suas famílias e comunidades onde vivem.

Ações prioritárias do projeto

Fortalecer a oferta de informações e educação, englobando ações de proteção, cuidado e prevenção da gravidez não intencional na adolescência.

Ampliar a acessibilidade e a qualidade da atenção nos serviços de saúde de forma a promover um espaço de informação e atenção para adolescentes.

Gerar conhecimento e evidências para melhorar as práticas e embasar políticas públicas.

Comunicar de maneira simples e eficiente, reforçando a mensagem e favorecendo a concepção, a implementação, o seguimento, a coordenação e a avaliação das atividades.

Resultados esperados

  • Desenvolver a metodologia nos 51 Municípios do Oeste do Paraná que aderiram ao Projeto.
  • Por meio de estratégias e campanhas de comunicação, adolescentes terão maior acesso a informações e habilidades para a vida com ênfase na prevenção da gravidez não intencional na adolescência.
  • Capacitação de 85% ou mais de profissionais indicados das áreas da saúde e educação e, eventualmente, também da assistência social e judiciário, para que possam oferecer serviços de qualidade, fortalecidos na atenção a adolescentes.
  • Certificar os municípios com o Selo para reconhecimento de serviços adequados para adolescentes, de acordo com diretrizes da ONU e do Fundo de População das Nações Unidas.
  • Fornecimento de dados concisos e boas práticas para prevenção da gravidez na adolescência nos municípios da região, e que possam embasar tomadas de decisões de políticas públicas.
  • Sistematizar um modelo de projeto que possa ser replicado em outras localidades, exportando a experiência positiva do Paraná para outros estados que contam com altos índices de gravidez na adolescência

Veja também: